página inicial/notícias

OUTUBRO 2006 |NOVEMBRO 2006 |DEZEMBRO 2006 |JANEIRO|FEVEREIRO|MARÇO|ABRIL|MAIO|JUNHO|JULHO|AGOSTO

ALTERAÇÃO DA DATA DA REALIZAÇÃO DA FEIRA DE LEBUÇÃO”

A partir do dia 24 de Junho, a tradicional “Feira de Lebução” vai passar a realizar-se sempre no último Domingo de cada mês.
Anteriormente, a Feira era realizada duas vezes por mês, sempre nos dias 3 e 16 de cada mês. No entanto, a partir de agora, irá apenas realizar-se uma vez por mês, sempre no último Domingo de cada mês.
Esta alteração da data de realização da “Feira de Lebução” pretende uma maior rentabilização por parte dos feirantes, bem como uma maior disponibilidade por parte dos visitantes. Assim, segundo Ângelo Teixeira, secretário da Junta de Freguesia de Lebução, no passado Domingo, dia 24 de Junho, a “feira decorreu de uma forma muito positiva, com um aumento quer do número de visitantes quer do número de feirantes”.
A próxima Feira realizada em Lebução vai ter lugar no próximo dia 29 de Julho, no local habitual junto ao cemitério e perto da Junta de Freguesia de Lebução.
29.06.07

APRESENTAÇÃO PÚBLICA DA OBRA  “À PROCURA DE ALGO”  DE MARIA DE FÁTIMA FIGUEIRAS  E  ABEL MOUTINHO

Foi lançado no passado Domingo, dia 3 de Junho, no Auditório do Pavilhão Multiusos de Valpaços, a obra “À Procura de Algo”, da autoria de Maria de Fátima Figueiras e de Abel Fontoura Moutinho.
Os autores foram apresentados pelo Provedor da Santa Casa da Misericórdia, Eugénio Morais, que salientou “a coragem dos autores em procurarem as suas raízes e o seu passado,” e pelo Dr. Altino Cardoso, que realçou o facto de neste “livro estar documentado não só o passado mas também o presente e o futuro”.procura de algo
Na sua intervenção, a autora, Maria de Fátima Figueiras resumiu a sua obra como “uma procura constante dos meus familiares e das minhas raízes africanas”. Por seu lado, Abel Coutinho destacou a sua dedicação à sua terra natal, dedicação essa que levou à “colaboração na elaboração deste livro, do qual muito me orgulho”.
Maria de Fátima Figueiras nasceu em Angola, no dia 29 de Setembro de 1936. Aos cinco anos de idade vem para Portugal na companhia do seu pai, ficando aos cuidados da sua família paterna, na aldeia de Vale-de-Espinho, em Valpaços.         
Completou a 4ª Classe e, não querendo continuar os estudos, tirou o curso de Professora de corte e costura, profissão que exerceu por algum tempo.
Abel Luís Fontoura Moutinho nasceu em 1942, na localidade de Vale de Espinho, concelho de Valpaços. Em 1965, completou o Curso de Teologia no Seminário de Vila Real, possuindo ainda a licenciatura em Filosofia e Letras (Universidade Pontifícia de Salamanca – 1967), e em Ciências Sociais e Politicas Ultramarina (I.S.C.S.P.U. em Lisboa – 1971).
Participa regularmente em Semanas Missionárias, Seminários, Congressos, Simpósio, Encontros e Conferências com intervenções e comunicações de carácter psicossociológico, cultural e político, ligadas aos recursos humanos e actividades afins, nas últimas décadas tem colaborado em vários jornais, revistas e dicionários enciclopédicos.
05.06.07

        

COMEMORAÇÕES DO DIA MUNDIAL DA CRIANÇA

No âmbito das comemorações do Dia Mundial da Criança, na passada sexta-feira, dia 1 de Junho, a Câmara Municipal de Valpaços proporcionou uma manhã diferente às crianças dos Agrupamentos de Valpaços e Lebução e ainda ao Jardim-de-Infância da Santa Casa da Misericórdia de Valpaços. dia criança
Desta forma, as cerca de 700 crianças puderam usufruir das excelentes condições do Parque de Campismo do Rabaçal, com um conjunto de actividades lúdicas, didácticas e pedagógicas como insufláveis para os mais pequenos e jogo de matraquilhos humanos além de uma parede de escalada e rappel para os mais crescidos.
A animação foi uma constante com a presença de dois palhaços que fizeram a alegria das crianças com as suas brincadeiras.
05.06.07

D. XIMENES BELO VISITOU CIDADE DE VALPAÇOS

Visita de cortesia serviu para reforçar os laços entre Valpaços e o povo de Timor.
A passagem por Valpaços de D. Ximenes Belo, Bispo Emérito de Timor-Leste e Prémio Nobel da Paz no ano de 1996, ficou assinalada por uma forte componente emotiva. visita ximenes belo
No discurso informal que proferiu, após a assinatura, por parte de D. Ximenes Belo, do Livro de Honra do Município de Valpaços, o Presidente da Câmara Municipal, Francisco Tavares, recordou a época que partilhou com D. Ximenes Belo nos Salesianos no Porto, salientando “o carácter forte humilde e solidário de D.Ximenes Belo”. 
Em resposta, D. Ximenes Belo agradeceu a homenagem do concelho valpacense em atribuir o seu nome a uma rua, prometendo “não defraudar as expectativas” dos Valpacenses e agradecendo ainda “o apoio de todo o povo português a Timor-Leste”.
Depois da assinatura do Livro de Honra do Município de Valpaços, foi descerrada a placa toponímica da “Rua D. Ximenes Belo – Bispo Emérito de Dili e Prémio Nobel da Paz 1996”, na zona de expansão urbana da cidade.
A visita encerrou com a celebração de uma missa na Igreja Matriz de Valpaços.visita ximenes belo
Esta visita de D. Ximenes Belo à região do Alto Tâmega, deve-se a uma iniciativa da Associação de Municípios do Alto Tâmega (AMAT), que doou 30 mil euros a Timor-Leste para a construção de uma escola primária na cidade de Suai, a 187 quilómetros de Dili, uma infra-estrutura que abrirá no ano lectivo de 2008/2009 com capacidade para acolher cerca de 450 crianças.
A verba para a construção da escola foi disponibilizada através da empresa Empreendimentos Hidroeléctricos do Alto Tâmega e Barroso, (EHATB), constituída pelos municípios de Boticas, Chaves, Montalegre, Ribeira de Pena, Vila Pouca de Aguiar e Valpaços.
05.06.07

 

 

 

voltar