página inicial/notícias

OUTUBRO 2006 |NOVEMBRO 2006 |DEZEMBRO 2006 |JANEIRO|FEVEREIRO|MARÇO|ABRIL|MAIO|JUNHO|JULHO|AGOSTO

CONFERÊNCIA “AS ESCUTAS TELEFÓNICAS E O AGENTE INFILTRADO”

O Salão Nobre da Câmara Municipal de Valpaços recebeu, na manhã do passado sábado, mais de sessenta advogados para assistir à conferência “As Escutas Telefónicas e o Agente Infiltrado”, com a participação do Prof. Dr. Costa Andrade, Professor Catedrático da Faculdade de Direito da Universidade de Coimbra.
De igual forma, estiveram presentes nesta conferência o Vice-Presidente do Conselho Distrital da Ordem dos Advogados do Porto, João Correia Rebelo, o Coordenador da Investigação Criminal da Policia Judiciária do Porto, Fernando Xavier, a Delegada da Delegação da Ordem dos Advogados da Comarca de Valpaços, Helena Teixeira, bem como o Presidente da Câmara Municipal de Valpaços, Francisco Tavares.
Na sua apresentação, o Vice-Presidente do Conselho Distrital da Ordem dos Advogados do Porto, João Correia Rebelo, salientou a “dimensão destas conferências realizadas em Valpaços, que este ano já se internacionalizaram, com a presença de três advogadas italianas”, agradecendo ainda “o empenho e o apoio da Câmara Municipal de Valpaços na realização das conferências”.
Por seu lado, Francisco Tavares, presidente da Câmara Municipal de Valpaços, destacou a importância destas conferências “na valorização e promoção do concelho, sendo assim, um honra, associarmo-nos a este evento”, garantindo ainda a “total disponibilidade da Câmara Municipal para estas iniciativas”.
Esta conferência foi organizada pela Delegação da Ordem dos Advogados da Comarca de Valpaços, contando com o apoio do Conselho Distrital do Porto da Ordem dos Advogados, bem como da Câmara Municipal de Valpaços.
24.07.07

APRESENTAÇÃO DO ESPECTÁCULOO DIANHO DA BRUXA” PELO NÚCLEO DE ETNOGRAFIA E FOLCLORE DA UNIVERSIDADE DO PORTO

“O DIANHO DA BRUXA” foi o espectáculo apresentado pelo Núcleo de Etnografia e Folclore da Universidade do Porto, no passado sábado, dia 7 de Julho, no Auditório do Centro Cultural Luís Teixeira, em Valpaços.
Este espectáculo, apresentado pela primeira vez em Trás-os-Montes, com encenação de Armando Dourado e direcção musical de Cláudia Bastos, transforma-se numa viagem pelas mais importantes tradições de Trás-os-Montes e Alto Douro, onde se recriam os cantares, as danças e dos hábitos seculares desta região.
Desta forma, perante uma plateia repleta, reproduziu-se em palco as malhadas, a queimada galega, os serões passados à lareira, os cantares e as danças da região de Trás-os-Montes.
No final do espectáculo, o público rendeu-se à qualidade deste espectáculo, aplaudindo de pé os elementos do Núcleo de Etnografia e Folclore da Universidade do Porto.
No ano de 1982, existiam na Universidade do Porto alguns grupos que recolhiam e apresentavam as tradições portuguesas, no entanto, as suas acções abrangiam apenas as danças e cantares.
Nesse mesmo ano, um dos grupos, composto por elementos do TUP e Coral de Letras da Universidade do Porto, partiu à descoberta de todo o tipo de manifestações da cultura popular, existentes ou extintas, decidindo divulgá-las através de espectáculos.
E assim nasceu o NEFAP, que em cada apresentação pública do seu trabalho, quer em Portugal ou no Estrangeiro, vai mostrando a imensa riqueza da nossa cultura popular, com o maior rigor possível.
13.07.07

NOVO LAR Nª Sª DA ENCARNAÇÃO EM VASSAL

Vai ser inaugurado, no próximo mês de Setembro, o novo Lar Nossa Senhora da Encarnação, na localidade de Vassal, concelho de Valpaços.
Com capacidade para 32 idosos em residência permanente, o Lar Nª Sr.ª da Encarnação, é uma Instituição Particular e, tem por fim dar resposta às necessidades das populações residentes na área de Valpaços. A solidariedade e a justiça social são os objectivos primordiais do Lar Nª Srª da Encarnação.
Para que se alcancem todos estes objectivos, o Lar Nª Srª da Encarnação, aposta na qualidade dos seus serviços. Esta está associada à qualificação da sua equipa de profissionais que tenta dar respostas às necessidades humanas, trabalhando em prol dos Idosos, prevenindo, compensando e remediando problemas que afectam estes, as suas famílias e a sociedade em que se inserem. Este equipamento será mais uma obra de inegável importância social para o concelho de Valpaços.
13.07.07

APRESENTAÇÃO DO ESPECTÁCULOO DIANHO DA BRUXA” PELO NÚCLEO DE ETNOGRAFIA E FOLCLORE DA UNIVERSIDADE DO PORTO

Vai ter lugar, no próximo sábado, dia 7 de Julho, pelas 21h00, no Centro Cultural Luís Teixeira, em Valpaços, o espectáculo “O DIANHO DA BRUXA” apresentado pelo Núcleo de Etnografia e Folclore da Universidade do Porto, com encenação de Armando Dourado e Direcção Musical de Cláudia Bastos.
O “DIANHO DA BRUXA”, é uma viagem por Trás-os-Montes e Alto Douro, onde se pretende ilustrar as mais importantes tradições, cantares e danças desta região.
No ano de 1982, existiam na Universidade do Porto alguns grupos que recolhiam e apresentavam as tradições portuguesas, no entanto, as suas acções abrangiam apenas as danças e cantares.
Nesse mesmo ano, um dos grupos, composto por elementos do TUP e Coral de Letras da Universidade do Porto, partiu à descoberta de todo o tipo de manifestações da cultura popular, existentes ou extintas, decidindo divulgá-las através de espectáculos.
E assim nasceu o NEFAP, que em cada apresentação pública do seu trabalho, quer em Portugal ou no Estrangeiro, vai mostrando a imensa riqueza da nossa cultura popular, com o maior rigor possível.
A NEFAP, participa em vários festivais internacionais, tendo obtido o 1º prémio de danças em 1990 e 1998 no Festival Internacional de Llangollen, País de Gales.
Em 1991 representaram a cidade do Porto em Vigo; em 1992 actuaram na cidade de Recife, Brasil, integrado na representação da Universidade do Porto, no 3º congresso de Educação Física dos Países de Língua Portuguesa.
Em 1993, participaram no 4º Festival Juvenil Internacional de Dança. Em 2001 marcaram presença na Cidade do Porto Capital Europeia da Cultura.
04.04.07

INAUGURAÇÃO DA SECÇÃO DE LEBUÇÃO DOS BOMBEIROS DE VALPAÇOS

Respondendo a um desejo antigo da população da freguesia, foi inaugurada, no passado sábado, dia 30 de Junho, a secção de Lebução do Quartel de Bombeiros Voluntários de Valpaços, nas instalações da antiga escola primária.bombeiros lebução
Esta inauguração contou com a presença do Secretário de Estado da Protecção Civil, Ascenso Simões, do Presidente da Câmara Municipal de Valpaços, Francisco Tavares, do Governador Civil de Vila Real, António Martinho, do Presidente da Junta de Freguesia de Lebução, José Pinheiro, do Comandante dos Bombeiros Voluntários de Valpaços, Jorge Sampaio, bem como do Presidente da Direcção dos Bombeiros Voluntários de Valpaços, César Augusto.bombeiros lebução
Durante a cerimónia de inauguração, o Comandante dos Bombeiros Voluntários de Valpaços, Jorge Sampaio, realçou o “empenho e a boa vontade da Câmara Municipal de Valpaços na concretização desta obra que vem beneficiar toda a população de Lebução e arredores”.
Por seu lado, o Presidente da Câmara Municipal de Valpaços, Francisco Tavares, salientou a sua “satisfação com esta obra que vem prestar um enorme serviço a esta comunidade”, destacado que “sem o entendimento de todos: Juntas de Freguesia, Câmara Municipal e Bombeiros, esta não teria acontecido”.bombeiros lebução
No seu discurso, o Secretário de Estado da Protecção Civil, Ascenso Simões, agradeceu “em nome do Governo, ao Presidente da Câmara Municipal de Valpaços pela inauguração desta secção que corresponde às necessidades concretas das localidades do interior”, acrescentado ainda que “esta secção de Lebução é um bom caso de aproveitamento de uma estrutura já existente e que devia ser transposta para outros lugares”.
No final da cerimónia oficial, teve lugar o baptismo das duas primeiras viaturas da secção de Lebução, uma ambulância de transportes mistos e um veículo ligeiro de apoio à direcção e comando. Seguidamente foi oferecido um lanche convívio a toda a população.
A reconversão do edifício da antiga escola primária em secção dos bombeiros incluiu a sua recuperação total, com compartimentos para albergar as camaratas, balneários, sala de reuniões, salas administrativas com bem como a construção de um edifício de apoio, com garagem para as viaturas, um depósito de reserva de água e ainda uma cozinha com refeitório integrado.
Com o objectivo de servir uma população superior a mil e quinhentas pessoas, englobando as freguesias limítrofes, a construção desta secção de bombeiros na freguesia de Lebução é mais um investimento da Câmara Municipal para o desenvolvimento do concelho e da qualidade de vida dos seus habitantes.
O custo total da obra ascendeu aos cento e vinte e cinco mil euros, integralmente suportados pela Câmara Municipal de Valpaços.
04.07.07

 

 

 

voltar