página inicial/notícias

OUTUBRO 2006 |NOVEMBRO 2006 |DEZEMBRO 2006 |JANEIRO|FEVEREIRO|MARÇO|ABRIL
MAIO|JUNHO|JULHO

 

PREVENÇÃO E SOCORRISMO EM MEIO AQUÁTICO

Teve lugar, na passada segunda-feira, uma acção de formação sobre o tema “Prevenção eaccão formação Socorrismo em Meio Aquático”, promovida pelo Núcleo de Estágio de Educação Física da Escola EB2,3 Júlio do Carvalhal.    O objectivo desta formação visa divulgar cada vez mais a prevenção e segurança no que toca à prática da natação bem como a prestação de primeiros socorros em situações de emergência.
Esta iniciativa teve lugar no Pavilhão Multiusos de Valpaços e contou com a presença do Presidente da Câmara de Valpaços, Francisco Tavares bem como do representante do Conselho Executivo da Escola EB2,3 Júlio do Carvalhal, João Carlos Afonso.
Durante o período da manhã, teve lugar uma explicação teórica das diversas técnicas e meios de salvamento nos mais variados meios aquáticos, tais como mar, rios e piscinas.
 No período da tarde, a acção de formação transferiu-se para as piscinas municipais de Valpaços, com a aplicação prática das várias técnicas de salvamento.
31.01.07  

1º ENCONTRO DE CANTORZINHOS DE REIS

Teve lugar, na passada segunda-feira, dia 15 de Janeiro, pelas 10h30 da manhã, no Centro Cultural Luís Teixeira, em Valpaços, o 1º Encontro de Cantorzinhos de Reis.
Participaram neste encontro alunos dos quatro Agrupamentos Verticais de Escolas do Concelho de Valpaços, da Casa do Povo de Vilarandelo e da Santa Casa da Misericórdia de Valpaços.
Na plateia estiveram presentes Francisco Batista Tavares, Presidente da Câmara Municipal de Valpaços e o Vereador da Cultura, Amílcar Castro Almeida, acompanhados por cerca de quatrocentas crianças, representantes de várias as escolas do 1ºCiclo e do pré-escolar, do concelho de Valpaços, de salientar ainda a presença de muitos familiares das crianças, nomadamente pais e avós.
Para o Presidente da Câmara de Valpaços, “é de louvar o empenho dos responsáveis pela Santa Casa da Misericórdia de Valpaços”, acrescentando que “o município é sensível a estas iniciativas, e esperamos repeti-la no próximo ano”. cantar reis
Por seu lado, para o Prof. Joaquim Maia, Vice-Provedor da Santa Casa de Valpaços, estas iniciativas são muito importantes, na medida em que, “a cultura popular do Cantar dos Reis não se deve perder”, destacando, posteriormente, o papel das professoras e das educadoras, pois, foram elas as “grandes dinamizadoras” de toda esta iniciativa.
A realização desta iniciativa foi da responsabilidade da Santa Casa da Misericórdia de Valpaços e, contou com o apoio do Agrupamento de Escolas do Município de Valpaços e da Câmara Municipal de Valpaços.
24.01.07

        

INAUGURAÇÃO OFICIAL DA EN213-VARIANTE VALPAÇOS/IP4 (MIRANDELA)

Depois da abertura ao público, dia 21 de Dezembro de 2006, da Estrada Nacional 213 - Variante Valpaços/ IP4 (Mirandela), este acesso foi oficialmente inaugurado na passada segunda-feira, dia 8 de Janeiro.
Esta inauguração contou com a presença do Secretário de Estado Adjunto das Obras Públicas e Comunicações, Paulo Campos. De igual forma, estiveram presentes nesta cerimónia o Presidente da Câmara Municipal de Valpaços, Francisco Tavares, o Presidente da Câmara Municipal de Mirandela, José Lopes Silvano, bem como o Director de Empreendimentos da Estradas de Portugal, Jorge Bernardo e ainda o Governador Civil do Distrito de Vila Real, António Martinho.
A nova Estrada Nacional 213 - Variante Valpaços/ IP4 (Mirandela), integra-se no eixo rodoviário classificado no Plano Nacional Rodoviário de 2000 e, permite a ligação entre os concelhos de Chaves, Valpaços, Mirandela e Vila Flor. Este novo acesso vai garantir um tráfego mais rápido e seguro entre as regiões da Terra Fria e da Terra Quente transmontanas.
Segundo o Director de Empreendimentos da Estradas de Portugal, Jorge Bernardo, a construção desta estrada “praticamente não teve derrapagens de custos, sendo concluída sete meses antes do prazo, devido a qualidade do projecto e à excelente parceria com a Câmara Municipal de Valpaços que nos apoiou sempre que necessário”, concluiu Jorge Bernardo.
Para Francisco Batista Tavares esta ligação entre Valpaços e Mirandela traduz-se na “realização de um sonho”, que “honra o concelho de Valpaços e toda a região transmontana”, Uma vez inaugurada esta estrada, Francisco Tavares, tem já outros projectos para o concelho de Valpaços, sendo que a próxima meta será “a estrada com características de IP que liga Valpaços a Chaves e a Vila Pouca de Aguiar”.
Por seu lado, José Lopes Silvano, Presidente do Município de Mirandela, defendeu que “as modernas vias de comunicação ajudam as cidades a imporem-se no panorama nacional”, considerando as acessibilidades “essenciais para o desenvolvimento das localidades”.
Na opinião do Secretário de Estado Adjunto das Obras Públicas e Comunicações, Paulo Campos, esta obra irá ajudar ao “progresso e desenvolvimento das cidades implicadas”, aumentando assim, a sua “competitividade económica”, através da “valorização dos produtos desta região”.
A EN213-Variante Valpaços/IP4 (Mirandela) teve um custo superior a vinte milhões de euros, e foi co-financiado pelo programa FEDER da  União Europeia.
19.01.07

voltar